Para não esquecer. Nunca!
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008
Tratado de Versalhes

É importante que aprendamos que uma paz estabelecida na humilhação dos derrotados se tornará, mais tarde ou mais cedo, no fermento de novas guerras. O Tratado de Versalhes é, disso, exemplo maior. Eis alguns artigos:

 

Artigo 42 - É proibido à Alemanha manter ou construir fortificações, quer na margem esquerda do Reno, quer na margem direita, a Oeste de uma linha traçada a 50 quilómetros a Leste deste rio.

 

Artigo 45 - Como compensação pela destruição das minas de carvão no Norte da França, e por conta da importância a pagar pela reparação total dos prejuízos de guerra devidos pela Alemanha, esta cede à França a propriedade inteira e absoluta (...) das minas de carvão situadas na bacia do Sarre (...). [em anexo a esta parte estabelece-se, no parágrafo 16, que: O Governo do território da Bacia do Sarre será confiado a uma Comissão representando a Sociedade das Nações]

 

Artigo 51 - Os territórios cedidos à Alemanha em virtude [da guerra franco-prussiana de 1871 e que a França perdeu, ou seja: a Alsácia-Lorena] são reintegrados na soberania francesa (...)

 

Artigo 119 - A Alemanha renuncia, em favor das Principais Potências aliadas e associadas, a todos os seus direitos e títulos sobre as suas possessões de além-mar.

 

Artigo 159 - As forças militares alemãs serão desmobilizadas e reduzidas nas condições fixadas mais adiante.

 

Artigo 160 - A datar do 31 de Março de 1920, o mais tardar, o exército alemão não deverá compreender mais de sete divisões de infantaria e três divisões de cavalaria.

 

Artigo 173 - Todo o serviço militar universal obrigatório será abolido na Alemanha.

 

Artigo 198 - As forças militares da Alemanha não deverão comportar nenhuma aviação militar ou naval.

 

Artigo 231 - Os Governos aliados e associados declaram e a Alemanha reconhece que a Alemanha e os seus aliados são responsáveis, por deles ter sido a causa, por todas as perdas e por todos os prejuízos sofridos pelos Governos aliados e associados e pelos seus nacionais em consequência da guerra, que lhes foi imposta pela agressão da Alemanha e dos seus aliados.

 

Artigo 231 - Os Governos aliados e associados exigem (...) e a Alemanha a tal se obriga, que sejam reparados todos os prejuízos causados à população civil de cada uma das Potências aliadas e associadas e oas seus bens (...).

 

Artigo 235 - Com o fim de habilitar as Potências aliadas e associadas a empreender desde já a restauração da sua vida industrial e económica, enquanto não é realizada a fixação definitiva da importância das suas reclamações, a Alemanha pagará, durante os anos de 1919 e 1920 e os quatro primeiros meses de 1921 (...) em ouro, mercadorias, navios, valores ou outra forma (...) o equivalente a 20 000 000 000 (vinte biliões) de marcos ouro (...)

 

Como pode deduzir-se, dinheiro, matérias-primas (carvão e ferro), navios mercantes e navios de guerra, submarinos, aviões, animais, etc. tudo foi contabilizado e a Alemanha foi obrigada a pagar. A título de exemplo, para que se perceba as minudências a que se chegou, diz-se assim  

 

 Anexo IV

 § 6 - a título de adiantamento imediato, (...) a Alemanha compromete-se a entregar à França nos três meses que se seguirem à entrada em vigor do presente Tratado (...) as quantidades abaixo especificadas em gado vivo:

 

      500  garanhões de 3 a 7 anos;

  30 000 poldras e éguas de 18 meses a 7 anos (...);

   2 000  touros de 18 meses a 3 anos;

  90 000 vacas leiteiras de 2 a 6 anos;

    1 000  carneiros inteiros;

100 000  cabras

 

Anexo V

§ 2 - A alemanha entregará à França sete milhões de toneladas de carvão por ano, durante dez anos (...).

 

§ 3 - A alemanha entregará à Bélgica oito milhões de toneladas de carvão por ano, durante dez anos.

 

§ 3 - A alemanha entregará à Itália as quantidades máximas de carvão seguintes:

 

Julho de 1919 a Junho de 1920: 4 milhões 1/2 de toneladas;

   »        1920       »          1921: 6 milhões de toneladas;

   »        1921       »          1922: 7 milhões  1/2 de toneladas;

   »        1922       »          1923: 8 milhões  de toneladas;

   »        1923       »          1924: 8 milhões  1/2 de toneladas,

e, durante cada um dos cinco anos seguintes: 8 milhões 1/2 de toneladas.

 

Nota: Importa não esquecer que o presente Tratado impõe à Alemanha a perda de territórios para novos países (falaremos disso na aula), bem como o desmembramento dos restantes Impérios.

 

 

Proposta de trabalho:

1 - De que é acusada a Alemanha?

2 - Parece-te justo o clausulado do Tratado de Versalhes? Porquê?

3 - Organiza o tipo de sanções impostas à Alemanha:

     sanções territoriais

     sanções militares

     tipo de indemnizações a pagar

 



publicado por asergio às 17:55
link do post | comentar | favorito

10 comentários:
De Nelson Moura a 20 de Fevereiro de 2008 às 19:48
“Coisas NOVAS” Adoro esta Prof.ª pois ate a data ninguém, nos faz tipo de resumos da matéria dada nas aulas e com informações extra. Muito obrigada por toda a sua preocupação com os seus alunos. Para ter uma melhor visualização da vida nas trincheiras nada melhor que poder visualizar estas imagens e ler as legendas. Bem com tudo isto agora temos que realizar as tais respostas. Aparentemente parece ser fácil, vou tentar realizar as tais propostas.


De asergio a 21 de Fevereiro de 2008 às 19:33
Nelson

Até corei com o elogio! Mas soube muito bem, obrigada!


De Marta Prazeres a 20 de Fevereiro de 2008 às 23:01
O Nelson não podia estar mais certo! Obrigada por tudo professora, mesmo sabendo que nós às vezes não merecemos!


De asergio a 21 de Fevereiro de 2008 às 19:34
Marta

Poderá haver (e há) quem não mereça. Mas vale a pena pelos outros. Obrigada!


De Nádia a 21 de Fevereiro de 2008 às 19:23
o Nelson e a Marta tem toda a razão, muitas das vezes não merecemos o esforço todo da prof.ª obrigada por tudo.... axim ja estudamos melhor
bjx muito fofos
.......


De asergio a 21 de Fevereiro de 2008 às 19:38
Nádia

Acho que vou fazer uma vénia colectiva para agradecer os elogios a todos!

O objectivo do blog é, sabes isso, facilitar-vos o estudo e rasgar-vos os horizontes. É por isso que me faz impressão que haja quem não aproveite.

Até amanhã.


De Bruno Mendes a 21 de Fevereiro de 2008 às 20:45
Tem razão vocês, nem todos merecem que a stora faça isto por nós.
E eu devo ser um deles
Desculpe stora


De asergio a 21 de Fevereiro de 2008 às 22:21
Oh! Bruno!!!!

Vá lá, não quero isto transformado num confessionário público! O que me importa é que vieste e procuraste a informação. Só isso já me deixa contente - nem tu imaginas como isso é importante no fim de um dia tão comprido, como foi este meu!

Não te esqueças, Bruno: para a frente é que é o caminho! Até amanhã.


De Mariana a 2 de Setembro de 2011 às 14:18
Este blog foi-me muito útil. Estou a estudar na Alemanha há uns meses mas ainda estou com alguns problemas em compreender a língua. Hoje demos este tema e foi neste blog que encontrei tudo o que precisava de saber exactamente como está no meu livro de história em alemão. Obrigada pelo post.


De Lorryne a 16 de Março de 2012 às 02:45
Muito bom esse blog


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Felicidades

Objectivos para o ponto

O Modernismo na Pintura

Objectivos para o ponto

Propaganda Republicana

O após-guerra; os anos 20

Tratado de Versalhes

A Guerra das Trincheiras

Objectivos para o ponto

Impérios coloniais no iní...

arquivos

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

anos 20

arte moderna

i guerra mundial

pontos

república

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds